top of page

Como fazer uma correia de relógio em couro (1ª e 2ª parte)



O IPR abriu recentemente inscrições para duas formações nas quais os participantes aprendem a construir correias de relógio e levam para casa não só uma correia feita por si próprios como também uma mala de ferramentas. Os cursos são de 8h e vão decorrer tanto em Lisboa como no Porto, as inscrições podem ser feitas nas seguintes ligações: Lisboa ou Porto. Caso não consiga estar presente, pode acompanhar este artigo, tal como os próximos, nos quais vamos ensinar a construír a sua própria correia de relógio.




CONSTRUÇÃO DE CORREIAS DE RELÓGIO



1º passo: comprar peles e ferramentas em Portugal


Lisboa




Porto


  • Casa Crocodilo

das 10 às 12:30 e das 14:30 às 18h de segunda a sexta

Rua de Cimo de Vila 63, 4000-170 Porto




 



2º passo: comprar peles e ferramentas fora de Portugal


Aqui ficam algumas recomendações:



Buy Leather Online: https://buyleatheronline.com





3º passo: comprar ferramentas


Existem vários sites de ferramentas profissionais, contudo se está a iniciar recomendamos as ferramentas disponíveis em sites como Amazon e Aliexpress. Algumas ferramentas são de muito boa qualidade, outras possivelmente não vão durar a vida toda. A escolha das ferramentas é muito pessoal, se não faz ideia do que precisa, comece por um kit de trabalho em couro.



Aliexpress: ferramentas individuais recomendadas:




4º passo: compreender os diferentes passos


  1. Colagem

  2. Corte

  3. Costura

  4. Furos de fivela

  5. Dobragens

  6. Acabamentos


As correias podem ser construídas de várias formas, neste conjunto de passos vamos ensinar como fazer uma correia dobrada de duas peças.


Colagem


A colagem é fundamental para uma correcta sobreposição das diferentes peles. Deve usar-se uma cola que não ganhe rigidez após secar. Recomendamos a cola de contacto. Após a colagem é sempre possível coser para reforçar.


Corte


Existem várias facas de corte e várias técnicas para afiar essas facas. Nós recomendamos um simples bisturi com várias lâminas. O facto da lâmina do bisturi ser bastante fina torna-a bastante eficaz, com a mesma força tem-se um gume muito mais fino. As lâminas de bisturi gastam-se muito rapidamente mas são bastante baratas e podem comprar-se conjuntos de 100 ou mais.



Cortante de correia de 20mm 18mm

O formato da correia pode ser conseguido através de cortantes. Existem várias lojas que vendem cortantes específicos para correias de relógio. É também possível encomendar cortantes específicos. Alguns, como o da imagem acima, inlcuem vazadores para furos e para a zona do pino da fivela.


Costura


A costura pode ser manual designada de saddle stitching na qual duas agulhas com dois fios diferentes passam sempre pelo mesmo furo. Os furos por onde passam as agulhas são normalmente feitos com um garfo que não é um vazador, ou seja, não retira material no processo de furar. Para utilizar duas agulhas vamos precisar das duas mãos, logo a correia deve estar presa num grampo. Os grampos maus práticos são os de madeira.


Grampo de costura

A costura com recurso a máquina de costura tem a vantagem de permitir mais homogeneidade e precisão entre os diferentes pontos. Para este efeitos utilizam-se máquinas de triplo rasto.





Furos de fivela


Para conseguir os furos das correias são usados vazadores que podem ter vários formatos. Designa-se de vazador a ferramente que permite a remoção de material após o furo. Existem vazadores em forma de garfo que permitem um espaçamento preciso.


Vazadores

Dobragens


Há várias técnicas de construção de correias. As dobragens devem ser seguidas de colagem, são um passo muito importante que necessita de alguma precisão. É possível que apenas após a dobragem e a colagem se proceda ao corte da correia com recurso a cortantes próprios.



Acabamentos


Os acabamentos são um mundo sem fim. Recomendamos que seja sempre feito algum acabamento nas orlas, a não ser que se pretenda propositadamente realizar um trabalho sem nenhum tipo de acabamento. Os acabamentos nas orlas permitem impremeabilizar a correia. Podem ser feitos com recurso a um brunidor de madeira ou com productos naturais ou químicos como borracha líquida, cera, ou ainda através de 8calor. Brunir significa, neste contexto, polir as orlas.


Máquina de marcar a calor

Existem máquinas muito úteis para marcar a zona onde deve ser aplicada a costura ou para queimar as orlas da correia. É possível definir a temperatura e deve controlar-se posteriormente apenas a pressão e a velocidade de deslocamento.


Continua...


No próximo artigo vamos indicar passo por passo como se constrói uma correia dobrada de de duas partes.

60 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Ma Ma
Ma Ma
May 19
Rated 5 out of 5 stars.

Boa iniciativa. Interessante.

Like
bottom of page