top of page

Maestro da Gerald Charles agora com versão Cronógrafo


Maestro Cronógrafo GC3.0-TN @ Gerald Charles


Não haverá nos tempos que correm designer mais conhecido nos meandros da alta relojoaria do que Gerald Genta. O autor dos esboços que deram origem ao Nautilus da Patek Philippe ou ao Royal Oak da Audemars Piguet foi durante o seu tempo uma espécie de “enfant terrible” da relojoaria principalmente devido ao estilo com que impregnou os relógios da sua própria assinatura.

Perdido o direito ao seu próprio nome com a venda da empresa epónima à “The Hour Glass” de Singapura, e que mais tarde a revendeu à Bulgari, Genta passa a assinar os seus mostradores como Gerald Charles. Desaparecida com a morte do artista, ressurgiu recentemente com nova dinâmica mas fiel ao estilo que marcou os últimos anos de vida de Genta.


Maestro Cronógrafo GC3.0-TN @ Gerald Charles

A marca apresentou recentemente um novo cronógrafo, o Maestro GC3.0-TN, que representa a versão cronográfica da caixa Maestro em titânio polido e com uma pulseira de borracha azul.

Como todos os relógios Gerald Charles apresentados até agora, este novo cronógrafo Maestro GC3.0-TN é um relógio de pulso desportivo e elegante quanto baste, que a marca pretende que seja usado em qualquer ocasião.


A criação deste novo modelo foi relativamente exigente tendo de superar uma série de desafios técnicos. Primeiro, para criar a forma irregular da caixa do Maestro em titânio de grau 5, um material altamente resistente muito mais difícil de manipular em formas complexas do que o aço inoxidável.


O verso do Maestro Cronógrafo GC3.0-TN @ Gerald Charles


Um outro desafio foi o de fabricar os botões do cronógrafo à medida do relógio e a coroa decorada com “Clous de Paris” em titânio grau 5. De acordo com a filosofia de design da Maison, os botões ficam nos cantos da caixa do Maestro e seguem a sua silhueta curva, criando uma relação exemplar entre a caixa, os botões e a complicação do cronógrafo do relógio. No final, o Maestro GC3.0-TN Chronograph pesa menos da metade do que o seu modelo irmão em aço inoxidável.


O modelo integra o calibre cronógrafo de corda automática GCA3022/12, desenvolvido em parceria entre a Gerald Charles e a Vaucher Fleurier Manufacture. Este calibre cronómetro, visível através do fundo da caixa em cristal de safira, é certificado pelos critérios técnicos e estéticos notoriamente intransigentes do padrão Qualité Fleurier.


Maestro Cronógrafo GC3.0-TN @ Gerald Charles

A história dos detalhes do Maestro continua no mostrador, que é caracterizado pelos seus três contadores aplicados e polidos ás 3, 6 e 9 horas, indicando respectivamente os segundos, as horas do cronógrafo e os minutos do cronógrafo. Os ponteiros de extremidade arredondada e os marcadores de horas aplicados são todos preenchidos com uma quantidade generosa de Super-LumiNova para uma boa legibilidade em ambientes de fraca iluminação.


O Maestro GC3.0-TN Chronograph faz-se acompanhar por uma pulseira de borracha vulcanizada azul Royal com acabamento Clous de Paris e uma fivela em titânio Grau 5 polida. O modelo é resistente à água até 10 atm (100 metros) e apresenta uma garantia de cinco anos, uma vez que o relógio é registado através do sistema 'Smart Warranty' da Gerald Charles.


Para mais informações sobre a Gerald Charles, visite o sitio da marca aqui.

55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page