top of page

Novo Horas Errantes dá brilho ao Code 11.59 da Audemars Piguet

Atualizado: 19 de dez. de 2022


Code 11.59 Star Wheel @ Audemars Piguet


A origem do género de indicação conhecido hoje como horas errantes remonta pelo menos ao século XVII. A culpa pode ser atribuída ao Papa Alexandre VII que, sofrendo de insónia agravada pelo ruído mecânico dos relógios da época, encomenda aos irmãos Campani um “relógio noturno”, especificando que este fosse o mais silencioso possível e que permitisse uma fácil leitura nas noites mal iluminadas do vaticano. O resultado foi o primeiro relógio com horas errantes, onde as horas podiam ser lidas num semicírculo onde uma abertura indicava os quartos de hora. Para além desta forma inovadora de indicar a passagem do tempo, o relógio era iluminada por dentro através de uma vela que revelava o material translúcido do mostrador… dirise-ia o Superluminova da época.


Relógio de Bolso com indicação de Horas Errantes - Século XIX @ Audemars Piguet


A partir do final do século XVII, esta verdadeira complicação acabou por ser aproveitada para os relógios de bolso. Enquanto que a abertura em forma de arco ainda se expandia ao longo de 180 graus, os minutos deixavam de estar limitados apenas aos quartos de hora para uma maior precisão na leitura do tempo. Já no século XIX, a popularidade das horas errantes começou a diminuir. As poucas peças produzidas nesta época apresentavam um setor mais reduzido de 120 graus para facilitar a leitura das horas. Os quartos de hora desaparecem assim como a pequena janela das horas, mantendo-se o mecanismo oculto. A versão com horas errantes de 360 graus surge também nesta época, apesar de ter sido gradualmente substituída pelas horas saltantes que viriam a proliferar durante o período Art Deco da primeira metade do século XX.


Star Wheel Ref. 25720 de 1991 @ Audemars Piguet

Em 1989, um relojoeiro da Audemars Piguet redescobriu a complicação ao ler um artigo alusivo no Journal Suisse d'Horlogerie. Em 1991, e após 18 meses de desenvolvimento, era apresentado o primeiro relógio com horas errantes da Manufactura (a Ref. 25720). Baptizado com o nome “Star Wheel” – numa alusão às três estrelas que sustentam os discos de horas em safira conectados à roda central – o modelo veio revelar a muitos o mistério do seu funcionamento e revelar o mecanismo desta complicação.


Star Wheel com repetição de minutos Ref. BA25797 produzido em 5 exaemplares 1990 ca @ Audemars Piguet


Entre 1991 e 2003, seriam produzidos cerca de 30 modelos “Star Wheel” pela Manufatura, distribuídos por diversas coleções. Estes relógios apresentavam variações no seu design com a tradicional abertura em forma de arco com diferentes comprimentos e posicionada em locais distintos.



O novo Code 11.59 Starwheel - Ref.15212NB


Code 11.59 Star Wheel @ Audemars Piguet


A Audemars Piguet decidiu resgatar do seu baú de peças notáveis o conceito do Star Wheel aplicando-o à mal amada estética do Code 11.59. E o resultado é surpreendente, notando-se claramente um ganho geral do modelo, onde a arquitetura da caixa sai claramente reforçada pela sobreposição de formas geométricas permitida pelas Horas Errantes.


Code 11.59 Star Wheel @ Audemars Piguet


Neste modelo a aventurina azul serve como pano de fundo para os três discos que giram sobre os seus próprios eixos. Ligeiramente abaulados, são feitos de alumínio e tingidos de preto graças a um tratamento PVD, antes de serem decorados com um acabamento acetinado. Seguindo o design contemporâneo, o setor dos minutos alcança 120 graus e estende-se das 10 às 2 horas, com indicações de minutos em branco.


Code 11.59 Star Wheel @ Audemars Piguet


A nova referência com 41 mm combina a aventurina com o ouro branco e a cerâmica preta. Esta diversidade de materiais dão destaque ao design da caixa do Code 11.59. O cristal de safira com dupla curvatura amplia os detalhes naturais da aventurina azul, ao mesmo tempo que dá uma maior profundidade ao mostrador. No verso do relógio, o cristal de safira revela o calibre 4310, assim como a massa oscilante em ouro rosa de 22 quilates característicos desta coleção. O movimento tem uma reserva de marcha mínima de 70 horas e é resistente à água até 30 metros.


O verso do Code 11.59 Star Wheel @ Audemars Piguet


Tal como os seus antecessores, a indicação das horas deste Horas Errantes recorre a um rotor central que completa uma rotação completa a cada três horas e no qual foram fixados três discos de alumínio que giram em torno de seus próprios eixos. Cada disco tem quatro dígitos de 1 a 12 que se revezam apontando para o setor arqueado no topo do mostrador no qual está impressa a escala de minutos. A nova referência vem equipada com uma pulseira revestida a borracha preta texturizada e uma nova fivela gravada com o logotipo da Audemars Piguet, em vez do habitual monograma AP.


Code 11.59 Star Wheel @ Audemars Piguet


Para mais informações, visite a Audemars Piguet aqui.

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page