top of page

Desenhado por James Ferguson, por volta de 1764, e executado por Samuel Northcote, Plymouth




Importante relógio de mesa em mogno do terceiro quartel do século XVIII com fases da lua, hora da preamar, representação automática do estado da maré e data. Acompanhado por uma caixa em carvalho do século XVIII.


Desenhado por James Ferguson, por volta de 1764, e executado por Samuel Northcote, Plymouth, pouco depois.


Retrato da familia Northcote por James Northcote com o relojoeiro, Samuel, à dta @ Royal Albert Memorial Museum, Exeter, Devon, England

Samuel Northcote sénior (c1709-1791) era filho de um pintor; dois dos filhos de Samuel sobreviveram à infância, Samuel júnior (c.1742-1813), que seguiu os passos do seu pai e James (1746-1831), que se tornou um pintor de sucesso, embora tivesse concluído, por insistência do seu pai, um estagio completo de relojoaria na sua própria oficina. No entanto FJ Britten, registra Samuel Northcote como “filho de um relojoeiro de Plymouth e irmão mais velho de James Northcote, o artista, tendo sido enviado a Londres para Mudge para ser instruído em relojoaria em 1766”


Na sua autobiografia, James diz sobre o seu pai que ele era

"valorizado por todos os que o conheciam pela sua grande integridade, habilidades e conhecimento geral... ele era um homem piedoso, estudioso, humilde e engenhoso"

O astrónomo James Fergusosn - 1710-1776 @ Wikimedia commons


Plymouth era um porto movimentado no século 18, e Devon era o local de residência de muitas mentes talentosas. Em 1740, Northcote e o seu bom amigo Lyne Brett eram membros fundadores do Otter Club - um grupo de doze homens que tomavam banhos matinais no mar e se reuniam para jantar quinzenalmente. O Dr. John Mudge, (1721-1793) irmão do célebre relojoeiro Thomas Mudge (1715-1794) foi um dos doze membros. John era também membro da Royal Society da qual recebeu a medalha de ouro Copley em 1777. Sem dúvida, Mudge terá muito provavelmente discutido as suas últimas experiências e acontecimentos de Londres com os seus colegas Otters. É importante notar também que Thomas regressou a Plymouth em 1771 para trabalhar no problema de encontrar a longitude no mar.

James Ferguson, ca 1764 @ Bonhams


Ponsford ilustra o presente relógio de Samuel Senior no seu livro onde afirma:


"Outro relógio de suporte apresenta uma placa no arco do mostrador que sobe e desce para indicar o estado da maré. Assinado 'Samuel Northcote, Plymouth, foi feito para um projeto do astrónomo James Ferguson, que visitou Plymouth e permaneceu durante vários meses como convidado do amigo de Northcote, o Dr. John Mudge. Em maio de 1766, Ferguson enviou uma descrição detalhada do relógio para a Royal Society, juntamente com um grande desenho do mostrador e do seu mecanismo."

O mecanismo projectado por James Ferguson, ca 1764 @ Bonhams



O próprio Ferguson descreveu o relógio da seguinte maneira:


"um relógio de mesa, mostrando as horas e minutos, o dia do mês, as fases da lua, a idade e a hora de chegar ao meridiano, com a hora da cheia todos os dias e o estado da maré a qualquer hora do de dia ou de noite, por verificação.”

Literatura: Ponsford, Devon Clocks and Clockmakers, 1985, pp 109-111; Placas 36 e 37.



Descrição da peça:


A caixa superior em forma de sino com pega e quatro terminais cónicos sobre aberturas laterais em vidro circulares sobre uma base moldada nos pés aplicados posteriormente, a porta frontal com bordos e quadrantes de conchas em latão fundido.


Relogio por James Ferguson, ca 1764, e caixa posterior @ Bonhams


O mostrador retangular com 7,5 polegadas de altura colocado no arco com uma lua esférica rotativa, meio prateada/meio azul para representar o estado da lua no céu noturno, colocada sobre um painel pintado à mão retratando um casal em pé com cabras, a olhar para o mar e para um castelo com a bandeira da União na margem oposta; a cena é centrada por um mar pintado onde se identifica um barco a remos tripulado, sendo o painel do mar colocado num braço vertical com ligação ao movimento do relógio e que automaticamente sobe e desce para indicar a altura relativa das marés a cada dia. O aro do mostrador apresenta numeração romana e árabe a prateado com data concêntrica interna definida sobre um par de mostradores subsidiários; o lado esquerdo com duas vezes a escala I-XII em redor da idade da lua 1-29,5 um ponteiro indica a idade da lua, a outro a hora da maré alta; o mostrador do lado direito encontra-se dividido em oito seções, onde um único ponteiro se movimenta para mostrar os fluxos e refluxos do oceano, apresentando cada setor de três horas gravado de várias maneiras para High Water - Half Ebb - Low Water - Half Flood - High Water - Half Ebb - Low Water - Half Flood, emoldurando a assinatura gravada de Samuel Northcote, Plymouth.


Relogio por James Ferguson, ca 1764, e caixa posterior @ Bonhams


O movimento com fuso e dupla tripa (agora de arame) apresenta actualmente um escape de âncora e cremalheira batendo sobre um sino. A engrenagem para a queda e subida do nível do mar é definida entre a platina frontal e o mostrador. A platina traseira repete a assinatura Saml Northcote, Plymouth com tiras entrelaçadas e folhagem. Movimento, autómato de marés, lua esférica e mostradores subsidiários, todos em aparente funcionamento, junto com um pêndulo e duas chaves de caixa.


Caixa posterior para Relogio executado por James Ferguson, ca 1764, e @ Bonhams


O relógio faz-se acompanhar por uma caixa de viagem contemporânea de carvalho, ligeiramente afunilada com uma tampa superior profunda sobre um par de portas frontais que se abrem para revelar um interior forrado a feltro, com pegas de ferro nas laterais. Para caber dentro desta caixa, é nem ossário remover os pés do relógio.


O estojo de viagem mede 58 cm x 40 cm x 24 cm. (2)


Para mais informações, visite a Bonhams aqui.

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page