top of page

A cor das horas, uma palestra da Horological Society of New York

«The Colour of Hours: Race, Time and the Making of a Black Horologist in Harlem». É este o título da palestra que a Horological Society of New York apresenta hoje. A entrada é livre, é apenas necessário o registo. Basta abrir o site da HSNY aqui e clicar em RSVP (Répondez s'il vous plaît), de seguida recebe um e-mail. As portas abrem às 18h00 ET em The General Society Library 20 West 44th Street New York, NY 10036 EUA. Fica um pouco fora de mão para quem vive em Portugal mas o vídeo da conferência estará disponível para os membros da HSNY imediatamente e para o público em geral após um atraso de dois meses.


A COR DAS HORAS

Raça, Tempo e a Criação de um relojoeiro Negro no Harlem



O tempo - tal como a raça - possui um "naturalismo" ostensivo que muitas vezes obscurece os vários factores históricos que estiveram na sua origem. A investigação do Dr. Paul Lawrie questiona se o tempo é, de facto, relativo - como algo nascido de contingências históricas específicas - então como é que diferentes povos experienciam o tempo de forma diferente? Além disso, como é que a experiência vivida do tempo cria ou reforça a desigualdade racial nas cidades? O tempo e a raça cruzam-se para informar a paisagem da América urbana moderna de várias formas: desde o recolher obrigatório e as deslocações pendulares até à gestão do tempo de trabalho e à própria cronometragem.


Na palestra de Junho da Sociedade Horológica de Nova Iorque, o Dr. Paul Lawrie, Professor Associado do Departamento de História da Universidade de York, examinará a vida notável de Peter J. Huffstead - o auto-descrito "mestre relojoeiro" do Harlem - e um dos primeiros membros negros da Sociedade Horológica de Nova Iorque. A análise da carreira de Huffstead revela-nos uma visão fundamental da natureza racializada da especialização, da migração, da política de respeitabilidade e da construção da comunidade urbana na América do início do século XX. Ao considerar o tempo como um agente passado, presente e futuro do desenvolvimento urbano e da identidade racial, esta palestra apresenta novas perspectivas sobre a dinâmica espacial e temporal das relações raciais urbanas, desde a linha de montagem até às ruas da cidade.


*As portas abrem às 18h00 ET (23h portuguesas), para quem assistir online, a conferência tem início às 19h00 ET (24h portuguesas). É necessário confirmar a presença aqui: inscrição.


** O vídeo da conferência estará disponível para os membros imediatamente e para o público em geral após um atraso de dois meses.


Palestrante: Dr. Paul Lawrie


O Dr. Paul Lawrie é Professor Associado de História na Universidade de York, em Toronto, Canadá. É historiador da cultura afro-americana moderna, com interesses específicos em urbanismo, trabalho, deficiência e tecnologia. É autor de "Forging a Laboring Race: The African American Worker in the Progressive Imagination" (NYU Press, 2016), que examinou as intersecções da ciência industrial e da gestão racial na América do início do século XX. A sua investigação actual, apoiada por uma bolsa do Comité de Investigação em Ciências Sociais e Humanas do Canadá, intitulada "The Color of Hours: Race, Time and the Making of Postwar Urban America", liga as histórias afro-americana, laboral e urbana ao campo emergente dos estudos do tempo para traçar as geografias temporais da raça na América urbana do século XX.

36 visualizações0 comentário

Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page