top of page

Maurice Lacroix e Label Noir

Criado em parceria com a Label Noir, Maurice Lacroix apresenta uma nova versão do seu MASTERPIECE Skeleton. Equipado com um movimento interno altamente refinado, este modelo revela muitos componentes habitualmente ocultos. O Label Noir jogou com a luz e a sombra, com a revelação e a dissimulação, bem como com os tons de preto e branco. O relógio resultante, o MASTERPIECE Skeleton Label Noir, limitado a 288 peças, mostra a criatividade de ambas as marcas e a sabedoria de ser inventivo.



Fundada em 2011, a Label Noir ganhou reputação por reutilizar designs existentes, trabalhando magistralmente com uma paleta de preto e branco para oferecer uma expressão nova e única de estilo. Ocasionalmente, a empresa de Genebra emprega um pop de cor para evocar emoção; no entanto, é a aplicação criteriosa da marca de tons monocromáticos que levou o seu trabalho a atrair muitos elogios da crítica.



Embora a Maurice Lacroix empregue alguns indivíduos incrivelmente criativos, trabalhando na sua sede em Saignelégier, também reconhece os benefícios de colaborar com outras partes, aproveitando os seus talentos inventivos. De facto, Maurice Lacroix trabalhou em estreita colaboração com a Monocle, Wallpaper e até colaborou com Stoff e Schnapps para produzir Aikonic Gin! Agora, Maurice Lacroix juntou forças com a Label Noir e reimaginou o MASTERPIECE Skeleton de uma forma nova e excitante.



Os relógios esqueleto têm as suas raízes no século XVIII. A técnica tradicional de abrir um movimento consiste em retirar o metal supérfluo com serras e limas. O movimento resultante apresenta um aspeto filigranado atraente. No entanto, em certas ocasiões, o material removido junto aos componentes críticos, como os rubis, os parafusos e as rodagens, prejudicava a fiabilidade e criava uma flexão indesejada. A Maurice Lacroix concebeu e desenvolveu o seu próprio movimento interno para resolver estes problemas potenciais.



A marca do Jura optimizou a conceção do movimento do MASTERPIECE Skeleton com CAD (Computer Aided Design), calculando as forças que actuam em cada parte da sua estrutura. A platina e as pontes são fabricadas com uma máquina CNC (Controlo Numérico Computadorizado) moderna, o que garante a estabilidade, a precisão e a fiabilidade do calibre resultante. O calibre Manufacture ML134 é adornado com Grand Colimaçon, acabamento jato de areia e pontes com bordos polidos. O movimento de manufactura e a montagem final do MASTERPIECE Skeleton Label Noir realizam-se nas oficinas da empresa.



O fundo de caixa em vidro permite a passagem de luz através do movimento, iluminando todos os contornos interiores. A caixa do MASTERPIECE Skeleton Label Noir é revestida com o DLC mate preto e antracite, marca registada da empresa, e mede 43 mm de diâmetro, conferindo ao relógio uma grande presença no pulso. O relógio é apresentado numa bracelete de nylon preta da marca M a condizer, com um fecho desdobrável.



Características Técnicas


Modelo


MP7228-DLB04-090-2


Caixa


Diâmetro: 43 mm

Espessura: 13 mm

Material: Aço, revestido com DLC preto

Resistência à água: 5 atm


Movimento


Calibre: ML134

Frequência: 18 000 alt/h

Reserva de marcha: 45 horas

Número de rubis: 19


Bracelete


Material: Nylon preta com logótipo M preto

Fivela: Aço com revestimento DLC preto


Mais informações no site oficial da Maurice Lacroix.


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page