top of page

Blancpain Villeret Traditional Chinese Calendar

Em 2012, a Blancpain alcançou um feito mundial ao apresentar o seu relógio Villeret Traditional Chinese Calendar, que uniu o Oriente e o Ocidente com a sua combinação de um complexo calendário chinês e uma data gregoriana e fase da Lua. Este ano, a Manufactura entra no seu segundo ciclo de 12 anos com a introdução de uma nova edição limitada desta grande complicação, apresentando um dragão gravado no rotor em ouro vermelho que honra o novo ano lunar.


Blancpain Villeret Traditional Chinese Calendar

Todos os anos, a Blancpain tem oferecido uma edição especial limitada que relembra a lenda do Imperador de Jade convocando doze animais diferentes para o portão do seu palácio. A ordem de chegada de cada animal foi imortalizada no ciclo zodiacal de 12 anos do calendário chinês, e o animal oficial do ano é celebrado em cada edição especial da Blancpain.


Para a edição de 2024, o rotor é em ouro vermelho apresenta o animal deste ano, o dragão. Definido contra um fundo fosco, o dragão é ladeado por um rubi vermelho e uma gravação em caráter chinês das palavras "dragão" e "madeira", o elemento de 2024. Para inaugurar o novo ciclo de 12 anos, os artistas da Blancpain renovaram a apresentação dos símbolos dos animais do Zodíaco com novos retratos.


Blancpain Villeret Traditional Chinese Calendar

O misticismo do calendário chinês é exibido com um conjunto de quatro ponteiros dedicados, uma janela para o Zodíaco e uma janela para o mês intercalar. Juntos, estes indicam as horas chinesas (com 120 minutos de duração); o ciclo de 60 anos dos elementos e Yin/Yang; o ciclo de 12 anos do Zodíaco; os dias chineses, o mês e os meses intercalares. A data gregoriana é indicada através de um ponteiro serpenteado tradicional. Da mesma forma, a fase da lua é classicamente apresentada numa janela às seis horas.


Blancpain Villeret Traditional Chinese Calendar

Cinco anos completos foram dedicados ao desenvolvimento do movimento, que tem 464 componentes individuais dispostos em seis camadas. A sua complexidade excede a de um calendário perpétuo e aproxima-se da de um repetidor de minutos. Esta construção intrincada é realizada na oficina de grande complicação Le Brassus da Blancpain. O mecanismo do calendário é alimentado pelo movimento de três tambores da Blancpain, que alcança uma reserva de marcha de sete dias.


Blancpain Villeret Traditional Chinese Calendar

O mostrador foi criado em esmalte grand feu totalmente queimado, cuja cor verde harmoniza com a caixa de ouro vermelho de 45 mm. Para facilitar a configuração do calendário, existem botões de ajuste sob as asas que estão patenteados pela Blancpain. Estes botões permitem evitar uma alteração da estética do relógio e podem ser operados com o dedo. Em consonância com outros mecanismos de calendário da Blancpain, este calendário chinês implementa um design seguro que elimina o risco de danificar o mecanismo se o ajuste manual for realizado durante uma mudança automática.


Blancpain Villeret Traditional Chinese Calendar

Características Técnicas


Modelo


Blancpain Villeret Traditional Chinese Calendar - Edição Limitada


Caixa


Diâmetro: 45.20 mm

Espessura: 15.10 mm

Resistência à água: 3 bar

Vidro: Safira

Fundo: Safira

Entre asas: 23 mm


Movimento


Calibre: 3638

Diâmetro: 32 mm

Espessura: 8.30 mm

Reserva de marcha: 168 horas

Rubis: 39

Componentes: 464

Mais informações no site oficial da Blancpain.



40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page