top of page

Junghans na relojoaria Ferreira Marques - Rossio, Lisboa


Jughans 17 Jewels (vintage)  e Max Bill Automatic Bauhaus na relojoaria Marques e Ferreira
Junghans 17 Jewels (vintage) e Max Bill Automatic Bauhaus na relojoaria Ferreira Marques

No passado dia 19 de Outubro, Hannes Steim, proprietário da Junghans, reuniu-se com o IPR e alguns colecionadores da marca na deslumbrante relojoaria Ferreira Marques, situada no Rossio, em Lisboa. Durante o encontro, Steim partilhou a história de como a sua família evitou a realocação da marca, a convite do Bürgermeister (presidente da câmara) de Rottweil, situada na Floresta Negra, na Alemanha. Falou-nos também acerca da transformação da antiga fábrica da Junghans num museu, entre muitas outras histórias.



©Pedro Santos | Hannes Steim, proprietário da Junghans, na relojoaria Ferreira Marques - retalhista da Junghans



Um coleccionador muito dedicado


Steim contou-nos sobre os seus encontros com vários colecionadores, destacando um em particular que fez uma visita com várias malas, contendo apenas uma fração da sua vasta coleção de relógios e memorabilia da marca. A visita deste coleccionador atraiu a atenção de vários funcionários da marca que passaram algumas horas dedicados a observar todas as peças. Existe um grupo na internet através do qual os coleccionadores trocam informações e marcam jantares mensais.



Relógio enviado como forma de agradecimento à marca após 60 anos


Dentre as várias histórias partilhadas, Hannes Steim mencionou uma particularmente tocante: uma senhora polaca, octogenária, enviou à Junghans, através de correio, um relógio mecânico de corda que funcionou fielmente durante 60 anos sem qualquer problema. Devolveu o relógio porque, devido a um problema nas mãos, já não conseguia dar-lhe corda. Em reconhecimento e agradecimento pelo gesto e pela fidelidade à marca, a Junghans remeteu-lhe um novo relógio de quartzo.



Admissão de relojoeiros na Junghans


No decorrer da conversa, conversámos com Hannes Steim sobre a profissão de relojoeiro na Junghans. Informou que, embora não estejam a procurar ativamente reforços para a sua equipa de mais de 20 relojoeiros, está aberto a receber e analisar currículos. Além disso, debatemos ainda a possibilidade de colaborar para a criação de um programa de estágios entre o IPR e a Junghans.



Relojoaria Ferreira Marques


Relojoaria Ferreira Marques - Retalhista Junghans - Rossio - Lisboa


A Joalharia Ferreira Marques, situada na Praça do Rossio em Lisboa, foi fundada em 1926 por Adriano Ferreira Marques. Passando de geração em geração, atualmente está sob a direção de José Filipe Ferreira Marques da Guerra Maio. Esta joalharia tem uma forte ligação à tradicional arte da filigrana portuguesa e é reconhecida na decoração e artes da mesa, com peças em prata presentes em residências nacionais e internacionais. O exterior da loja exibe uma arquitetura em estilo Arte Nova, enquanto o interior ostenta luxo com mármore italiano, lustres e um fresco dos enamorados. A loja já foi cenário de filmes, como o 007 de 1969. Representa marcas de luxo em joalharia, ourivesaria e prata, com foco em alianças e anéis de noivado de fabrico nacional. Recentemente, a loja adaptou-se às tendências, dando ênfase a relojoaria e joalharia contemporânea. A loja preserva a sua história e património, convidando todos a visitar e conhecer a sua rica tradição e peças exclusivas.



© Pedro Santos - Relógios Junghans na relojoaria Ferreira Marques - Rossio - Lisboa


Junghans: A Eterna Dança entre Tradição Relojoeira e Vanguarda da Inovação


Relógios Junghans: Tradição e Inovação Meticulosas



Max Bill automático Bauhaus


Junghans, uma marca alemã profundamente enraizada na tradição relojoeira, é mundialmente reconhecida pelas suas inovações e pela qualidade dos seus relógios. Desde a sua fundação em 1861, em Schramberg, a Junghans tem sido uma líder na indústria, definindo padrões internacionais e exportando seus produtos em escala global.



História e Filosofia da Junghans


A Junghans não é apenas uma fabricante de relógios; é uma entidade que moldou o tempo. Começando como uma fábrica de componentes de relógio em 1861, rapidamente diversificou sua produção, tornando-se a maior fabricante de relógios do mundo em 1903. O seu sucesso está ancorado na precisão e paixão, com um compromisso com a inovação e a tradição.



Junghans e a Aeronáutica


Desde o início do século XX, Junghans tem estado na vanguarda da produção de instrumentos de voo. Os seus relógios desempenharam um papel crucial na aviação, fornecendo medições precisas de tempo em altitudes recordes.

Junghans Borduhr Bo-UK1 (Fl 23885) - 1044/1945
Junghans Borduhr Bo-UK1 (Fl 23885) - 1044/1945

Na década de 1930, a Junghans criou relógios para aeronaves como o Messerschmidt Me 110 e, na década de 1950, produziu um dos poucos relógios de 24 horas com uma segunda zona horária para a indústria da aviação. Continuando essa tradição, os modelos modernos da Junghans, como o Meister Pilot Chronoscope, celebram um século de paixão pela aviação.



Meister Pilot Chronoscope
Meister Pilot Chronoscope

Museu Junghans Terrassenbau


Em Schramberg, o museu Junghans Terrassenbau oferece uma visão íntima da história relojoeira da Floresta Negra desde o século XVIII. O museu não só exibe a evolução dos relógios e relógios da Floresta Negra, mas também celebra a inovação e a perícia de fabrico da região.


Museu Junghans Terrassenbau
Museu Junghans Terrassenbau


O Futuro da Junghans


Sob a orientação dos empresários de Schramberg, Dr. Hans-Jochem Steim e Hannes Steim, a Junghans está comprometida em manter sua tradição e garantir o futuro. Com um foco na formação de novos talentos e na expansão contínua, a marca pretende continuar sua estratégia única no cenário global com produtos inovadores made in Germany.


Hannes Steim na relojoaria Ferreira Marques
Hannes Steim na relojoaria Ferreira Marques retalhista da Junghans

A Junghans é mais do que uma simples fabricante de relógios. É um testemunho vivo da combinação perfeita entre tradição e inovação, apresentando ao mundo peças que não são apenas funcionais, mas também obras de arte meticulosamente desenhadas. Com uma história rica e um futuro promissor, a Junghans continua a ser uma marca a ser observada na indústria relojoeira.


Fotos: Pedro Santos (pspentax@sapo.pt) e Nuno Margalha

121 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page