JULIENA FILA A PARIS

Atualizado: Abr 4



O relógio que vos trazemos hoje foi adquirido na Áustria por Sílvio Pereira, um membro do Clube IPR, coleccionador de relógios de bolso principalmente. Terá sido provavelmente construído entre o século XVIII e XIX. É um relógio complexo, com um calendário inserido no próprio mostrador. O grande mistério porém, está nos dias da semana do calendário, escritos em português. Aqui ficam algumas das hipóteses de Sílvio Pereira para desvendar este mistério:



As complicações


"Este é um relógio de bolso do século XVIII ou XI. Com uma série de complicações, nomeadamente:

  • pequeno mostrador às 12 horas com horas e minutos;

  • submostrador de grandes dimensões dos segundos às 3 horas;

  • outro submostrador às 9 horas com duas funções

  • aproveitando o mesmo eixo: os dias do mês e os da semana."


O mostrador

"No mostrador encontram-se as designações "Juliena Fila" e "A Paris". Tenho absoluta certeza (consultei vários livros que contam a história de todos os fabricantes da história da relojoaria, e não encontrei em nenhum deles qualquer menção a este fabricante, além de pesquisas exaustivas na internet) de que este "Juliena Fila" não é um fabricante de relógios, portanto, deduzo que este nome seja o da pessoa a quem foi destinado o relógio."


Os pormenores

  • "Calendário de dias da semana e do mês no próprio mostrador;

  • conservação de todo o mecanismo tal como da caixa é excelente;

  • caixa do relógio em ouro de 18 quilates, com uma flor pintada no verso, em esmalte;

  • luneta cravejada de diamantes;

  • chatelaine com um rubi em formato de losango. "


O Mistério


"As negociações para adquirir o relógios foram duras e estenderam-se por largos meses. Porém mereceram toda a minha dedicação.

O que me motivou a encerrar o negócio foi principalmente o facto de ter sido construído originalmente para um nobre, ou mesmo para uma cabeça coroada Portuguesa da época, embora o tivesse encontrado na Áustria. O que me permite ter segurança nesta afirmação é a inscrição que está colocada no submostrador que indica os dias da semana, como se pode ver na imagem: "Dom", "Seg", Terç", "Quar", Quin", "Sext" e "Sab", indubitavelmente estes nomes para os dias da semana só existem em Português. Portanto, alguns milhares de Euros depois, fiz questão que regressasse à sua terra. Lá diz o aforismo: "O bom filho à casa torna".

Esta é uma extraordinária peça de museu. Vamos lá deixar a conversa e apreciar esta magnífica obra de arte e micro-engenharia."


Sílvio Pereira,

"Um coleccionador é um fiel depositário da história e de histórias"



Ficha técnica:


Dimensões do relógio: 47mm

Dimensões da caixa: 53mm

Peso: 117g

Material: ouro 18 quilates

Complicações: dias do mês, dias da semana

Escape: suíço

Luneta: decorada com diamantes

Caixa: carapaça de tartaruga com aplicações de joalharia

Correia: chatelaine, com um rubi em losango, e aplicação de flor pintada



Tem informações sobre este relógio?

Tem um relógio que gostava de apresentar?

Entre em contacto connosco.



109 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo
SOBRE O IPR

IPR — Instituto Português de Relojoaria, Lda. é uma instituição dedicada ao ensino da relojoaria. Difundimos conhecimento sobre relojoaria e treinamos relojoeiros. 

LINKS ÚTEIS
SUBSCREVER NEWSLETTER

© 2020 Instituto Português de Relojoaria.