top of page

Greubel Forsey apresenta o Balancier Convexe S2


Balancier Convexe S2 @ Greubel Forsey

O novo Balancier Convexe S2, agora redesenhado para poder ser incorporado numa caixa de carbono mais compacta, foi apresentado em duas séries limitadas e bastante restritas, com apenas 22 peças cada. O foco para estes modelos está na tecnicidade do carbono, na excelência dos seus acabamentos e num diâmetro inédito de 41,5 mm.


O carbono é um material que a Greubel Forsey tem vindo a explorar há bastante tempo. Dar a este material formas complexas e arquitetónicas, com os mais elevados níveis de acabamento, é um exercício que exige paciência e indiscutível domínio técnico, mas que a Greubel Forsey pode agora afirmar estar a dominar de forma exemplar.



Balancier Convexe S2 @ Greubel Forsey


O novo diâmetro de 41,5 mm foi especialmente concebido para este modelo em carbono. É uma mudança radical, imediatamente visível no pulso. O tom bastante escuro do carbono reforça a sensação de uma peça muito compacta, ao mesmo tempo que se mantém aberto para expor o movimento, a complicação e os célebres acabamentos da Greubel Forsey.


16 toneladas por centímetro quadrado


Do ponto de vista técnico, o desafio foi significativo. Impor uma geometria tão complexa ao carbono como a da caixa convexa do Balancier Convexe S2 é uma abordagem inédita na relojoaria. Uma tarefa que requer uma combinação precisa de temperatura e pressão. O calor torna o carbono mais flexível para ser trabalhado; a pressão dá-lhe forma. Normalmente, uma caixa convencional requer 2 toneladas de pressão por centímetro quadrado, mas para a caixa convexa da Greubel Forsey foi necessário aplicar 16 toneladas: oito vezes mais do que o convencional.



Balancier Convexe S2 @ Greubel Forsey


Ao multiplicar as camadas de carbono, cada uma com 1 a 5 micrómetros, a Greubel Forsey obteve uma caixa de carbono muito mais densa, revelando a combinação perfeita de técnica e estética tão reconhecida pelo Atelier.


Caixas únicas


Cada caixa é individualmente destacada pela disposição das fibras, cuidadosamente controlada pela Greubel Forsey para criar o perfil pretendido. A direção das fibras de carbono é uma prioridade máxima, de modo a que se alinhem com a curvatura da caixa convexa, dando destaque ao acabamento manual.



Balancier Convexe S2 @ Greubel Forsey


Convexa tanto no verso da caixa como do lado do mostrador, a marca afirma que o relógio se adapta perfeitamente ao pulso. Às 12 e às 6 horas, as duas linhas convergentes conferem ao Balancier Convexe S2 uma geometria tridimensional de complexidade interessante. Isto cria um novo volume, dando lugar a um vasto espaço aberto sob o cristal de safira às 6 horas. No seu interior, a Roda de Balanço Inclinada a 30°, foi totalmente redesenhada para se adaptar às novas proporções da caixa de carbono.


Um nível de acabamento exemplar


Como já é tradição na Greubel Forsey, o acabamento é uma etapa crucial no desenvolvimento de um novo modelo. Para esta versão em carbono, o novo Balancier Convexe S2 mantém os acabamentos tradicionais para a caixa, para as asas e para coroa. A moldura e as asas alternam entre acabamentos fosco e acetinado.


O acabamento mate da coroa é audacioso. A gravação merece destaque: sempre em relevo para a caixa Convexe e permanecendo desta forma também para a caixa de carbono - com atenção especial à precisão das iniciais "GF", alinhadas com o centro da coroa.



Balancier Convexe S2 @ Greubel Forsey


Entre as 3 e as 4 horas, encontra-se uma ponte "abobadada" duplamente aberta. O trem de engrenagens disposto por baixo parece de alguma forma suspenso como se estivesse no vazio. Com uma patente registada em 2019, a ponte tornou-se também uma das assinaturas estéticas da Greubel Forsey. Ela encarna uma visão criativa muito particular da marca, juntamente com um nível extremamente elevado de acabamento nos componentes de titânio (que são notoriamente difíceis de polir), com múltiplos ângulos internos agudos.


O movimento com 303 peças e uma reserva de marcha de 72 horas, tem uma arquitetura perfeitamente definida, com três grandes pontes decoradas à mão no lado do movimento. As pontes com acabamento acetinado e a platina principal estão perfeitamente harmonizadas com a caixa de carbono. A cobertura dos dois tambores apresenta agora um tratamento preto em sintonia com a caixa e a platina de carbono.



Balancier Convexe S2 @ Greubel Forsey


Por fim, a gravação em relevo na cobertura do tambor tridimensional funde-se perfeitamente com a caixa redesenhada.


O novo Balancier Convexe S2 será produzido em duas edições limitadas de 22 peças cada, os pequenos segundos com tratamento azul ou preto, combinando com a pulseira de borracha texturizada, e uma fivela de titânio e carbono.


Para mais informações, visite o sítio da Greubel Forsey aqui.

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page