top of page

Vulcain Monopusher The Legacy of Legend: 1950’s Presidents’ Chronograph Heritage

Atualizado: 8 de jan.

Uma história de duas lendas: Real Madrid e Vulcain. A visionária Manufacture em Le Locle percebeu rapidamente a imensa popularidade do futebol. Já no início dos anos 1930, a marca havia consolidado a sua presença nos países de língua espanhola, onde o desporto era extremamente popular.


VULCAIN MONOPUSHER The Legacy of Legend: 1950’s Presidents’ Chronograph Heritage

Mas porquê o Real Madrid?


André Ditisheim, conhecido como "Didixien", era neto de André Ditisheim que, juntamente com o seu irmão Maurice, fundou a Manufacture que se tornou Vulcain em 1894. Ele era um atleta nato, destacando-se no ténis e no esqui – e um apaixonado jogador de futebol.

Em 1907, aos 18 anos, “Didixien” mudou-se para Madrid para aprender espanhol – a América do Sul estava a tornar-se rapidamente um dos mercados mais importantes para os relógios suíços. As suas habilidades num campo de futebol não passaram despercebidas e, antes que se desse conta, ele era o médio ofensivo do Madrid FC. O clube evoluiu para o renomado Real Madrid, e ali ele deixou um legado duradouro.


VULCAIN MONOPUSHER The Legacy of Legend: 1950’s Presidents’ Chronograph Heritage
“Realizámos as nossas sessões de treino com um cronógrafo Vulcain incrivelmente preciso e foi fundamental na nossa retumbante vitória no Campeonato Espanhol de 1934.” Fernando Bru (treinado Real Madrid)

Em 1934, a Vulcain foi nomeada cronometrista oficial do Real Madrid. Nesse ano, a equipa triunfou na Taça de Espanha, uma vitória destacada pela performance do lendário guarda-redes Zamora. Foi também a temporada em que o treinador Fernando Bru contou com um Vulcain para cronometrar os treinos.


VULCAIN MONOPUSHER The Legacy of Legend: 1950’s Presidents’ Chronograph Heritage

Para homenagear esta ilustre história desportiva, a Manufacture Vulcain em Le Locle está a reeditar o seu icónico Cronógrafo Heritage dos anos 1950. Esta nova iteração, denominada 'Monopusher', apresenta uma caixa mais compacta de 39mm. Estará disponível em três versões, com duas edições limitadas de apenas 50 peças cada.




Fiel à estética do mostrador original, os numerais e marcadores de hora permanecem idênticos ao icónico relógio. Sob o emblema da Vulcain às 12:00 está a palavra "Chronométre". Além do trilho de minutos, o mostrador apresenta um pulsómetro sublinhado pelas palavras "Graduado para 30 pulsações". Apenas o movimento mudou, já que no seu coração aloja um calibre manual SELLITA SW 510.


VULCAIN MONOPUSHER The Legacy of Legend: 1950’s Presidents’ Chronograph Heritage

CARACTERISTICAS TÉCNICAS


Modelo: Monopusher 39 mm

Caixa


Diâmetro: 39 mm

Espessura: 13 mm

Material: Aço inoxidável 316L

Acabamentos: Polido, escovado acetinado

Fundo: Rosqueado, com o logo da Vulcain

Vidro: Cristal de safira


Movimento


Reserva de marcha: 58 horas

Movimento: Mecânico, de corda manual

Funções: Horas, minutos, segundos no submostrador às 9 horas, segundos do cronógrafo central, contador do cronógrafo de 30 minutos às 3 horas


Mostrador


Marcadores de Hora: Numerais árabes com Luminova


Preço


Preço de Venda Recomendado: 2950 CHF / 2950 EUR


Mais informação no sitio da Vulcain.

45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page